Ópera de canções alheias

O fim de 2010 não foi legal, preciso reconhecer. Fechei pra balanço, parei tudo para lamber umas feridas, mas virou o ano e ano novo, como dizem, é vida nova. Pensei nesse postzinho modesto, um guia para quem mergulhou, bateu no fundo, mas tá subindo de volta. Espero, sinceramente, que não seja o caso de nenhum dos queridos e queridas companheiros e companheiras desse blog.

Um beijo pros anjos do meu Samu particular, serviço de resgate emocional como eu não imaginava existir.

Feliz ano novo a todos.

1o movimento: Tá estranho.

2o movimento: Putz, fodeu.

3o movimento: Carai.

4o movimento: Bom, paciência.

5o movimento: Quer saber? Foda-se.

6o movimento: E depois virar fotografia.

7 comentários sobre “Ópera de canções alheias

  1. óbvio que um comentário tão sucinto como este acima não seria da natalia, né?

    é nóis, joaquim! 2011!

  2. Linda trilha…espero que o amor tenha sido tão lindo assim quanto a trilha do sofrimento pós amor. E, claro, que outros venham!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s