32 comentários sobre “Alemanha 4 X Argentina 0

  1. Pedro, você tá louco? O time do Brasil tinha técnico, o técnico fez merda, mas, fora o segundo tempo de ontem, o time jogava taticamente. A Argentina era o salve-se quem puder. O Maradona não pensa o futebol como esporte coletivo. Dierente do Brasil, a Argentina tinha banco, tinha jogadores excepcionais. O cara (ainda não sei por que) não escalou o melhor jogador do time: Veron.

    Esse time de estrelas me lembrou o Brasil de 2006.

  2. E o Ronaldinho de 2010 foi o Messi, sem dúvida nenhuma. Mas eu não acho que o Brasil tinha banco não Tiago. A situação do Kaká foi um exemplo claro disso. O Dunga apostou no grupo fiel e solidário aos seus princípios, mas isso não fez dele um bom técnico, pelo contrário. Essa coisa de é ou escolher estrelas ou um futebol coletivo é uma bobagem. O Brasil sempre estrelas nas suas seleções campeãs. Romário e Bebeto em 94, estão aí pra provar isso. Maradona era um ótimo relações públicas como técnico, o Dunga era um ótimo leão de chácara.

    E agora é Uruguai. Apesar de que eu acredite que a final vá ser um repeteco de 74.

  3. Lauro,

    to contigo. Repeteco de 74. Se a história se repetir literalmente e os favoritos perderem, teremos um novo campeão do mundo, o que seria muito bom para o futebol.

    OBS: no post Gana! eu havia falado que apostava na celeste, na raça como foi que aconteceu!

  4. Bem, na minha opinião, técnico Dunga não era. Porque não é a questão de jogar taticamente, mas de possuir variações táticas (mais de uma), coisa que nem Dunga, nem Maradona souberam fazer e que o Alemão soube fazer quando perdeu o Ballack por exemplo.

  5. E pode ser piada, mas esse lance do Mick Jagger tá começando a ficar sério, não é nem pé frio, mas pé de bode mesmo. Ele declarou sua torcida pela argentina. Sinistro.

    Outra coisa, não se enganem, se o Brasil pegasse a Alemanha dificilmente ganharia. Não sei se seria esse chocolate, mas o Brasil tem um time muito inferior ao alemão. Na verdade, nem sei quem seguraria esse time. Talvez a retrancona do Uruguai mesmo, agora é esperar e torcer.

  6. Lauro,
    concordo contigo..>talvez fosse passar da Holanda para ser vice da Alemanha…
    Bem, quanto ao Uruguai, a única camisa de seleção que eu tenho e ainda me serve é justamente a da Celeste..>Sou fã de carterinha!!!

  7. Na boa, acho que o Jagger se identificará bem mais com Alemanha do que com Holanda… aí, vai dar meu palpite pré-Copa! 🙂

    Sou Paraguai agora!

  8. No geral, o Ceará, Rafa e o Gilson são meus oráculos no futebol, mas snceramente, eu torço muito contra a Holanda e a Espanha nessa Copa. A primeira por que ia ser muito traumático uma vitória dos inventores do Apartheid na África do Sul.E a segunda por que tem mais é de se foder mesmo. Torço pro Uruguai e Paraguai, se der Europa, acho que vou de Alemanha mesmo.

  9. o Brasil tem técnico? pelaamor. Técnico tem a Alemanha que nao teve medo de apostar em jovens talentos, que pos o melhores pra jogar, que armou um time equilibrado em função dos seus maiores talentos. A Argentina foi um time desconjuntado mas o Brasil também foi. Sem meio de campo, sem um vetor de criatividade dependia de sair no contragolpe quando era agredido na base da habilidade dos jogadores de frente. Que técnico é esse que mostra durante a copa nao confiar nos jogadores que ele mesmo convocou? pra mim o Dunga conseguiu ser pior do que o Lazaroni e essa seleção foi ainda pior que a de 2006. O triste é que nos tinhamos jogadores talentosos pra armar um time tao bom quanto esse da Alemanha. Nao tinhamos era treinador.

  10. Po, Lauro, valeu! 🙂

    Só que o Messi *ainda* não fez até hoje 10% do que o Ronaldo Gaúcho fez até 2006. Mas o importante é celebrar esta Copa sensacional… que vem punindo os marketeiros. Só vou contra a corrente no quesito zebra: Pra mim, em TODOS os jogos o melhor venceu. Copa sem zebra até aqui. Na história de cada jogo, quem usou mais recursos legais, venceu.

    Abrazzones!

  11. Se o Messi tivesse pelo menos um gol como o do Ronaldinho contra a Inglaterra já valia alguma coisa. O espetáculo só vale contra os Osassuna, Valdolid e Athletic Bilbao da vida. Sou mais o Paulo Da Silva do Paraguai. hahahahah ;)!

  12. O Paraguai tem técnico…trocou seis jogadores e tá dando esse aperto todo na Espanha…Coronel Dunga não teria nem peito nem jogadores suficientes para mexer desse jeito.
    Não tivemos técnico e sim um bedel de colégio que sabia posicionar seus cães de guardas de uma forma só!!!!

  13. Laurão, valeu demazzz: em retribuição um ensinamento pra vida:

    Boing, Boom, Tschak!!!(3x)
    Boing, Boom, Tschak, Peng!

  14. meninos, contente estou. essa é a copa mais bonita que vi na vida. uma coisa só me deixa preocupado e vale texto: se a holanda for campeã em terra de aparthaid teremos PROVAS CONCRETAS PARA O NOSSO ATEÍSMO!! outra coisa e que achei o time do brasil duro. tive uma esposa que dizia que não gostava do parreira porque ela, que não acompanhava futebol, entendia o que estava acontecendo em campo. isso pegou. e o robinho, uma antipatia pessoal. no mais, o messi ainda não fez a copa dele. o kaká, por infelicidade, não vai ter a copa dele(merecia, eu, que sou fá do racionalismo e corintiano, bato palmas pro craque sem instinto). afora isso: viva gana, maradona, FORLAN, suarez, paraguai, muller e o futuro artilheiro de todas as copas, o sobrevivente kloser.

  15. Ok, a Holanda talvez tenha sido o colonizador mais cruel na África. Mas não concordo com essa punição perpétua. Afinal, qual colonizador não foi genocída? O imperialismo também o é até hoje. Até nós já barbarizamos o Paraguai. Opa, hoje deixamos o sangue correr solto na favela, somando a uma polícia que mata sem dó, na perifa e no latifúndio. Pará sem lei. DH aqui é sonho. Então, não tem santo. De Roma aos EUA, não daria pra torcer por nenhum, nem pro Brasilzão querido. Homem não presta! 😛

    Pô, é futebol! A Holanda é o único europeu que joga o fino, merece um caneco por isso. Cita um craque italiano? Inglês? Nem vou aos 1970s pra lembrar de Van Basten, Gullit, Rikjard, Bergkamp e Seedorf. O time atual é menos estrelado mas toca bonito. Jogaram menos contra o Brasil. Usaram cabeça e malandragem, mas não chicotearam negros. Por sinal, tem um jovem mulato no banco que, quando entra, faz bonito também. E a camisa é linda!!! 🙂 Enfim… eu queria a Holanda no clube dos ricos.
    Abraços!

  16. Isso é por que o Lauro tem vários amigos Xhosa. Eles odiavam os holandeses, não falavam africânder, essas coisas. Além disso, o apartheid acabou ontem. Fora isso, acho o futebol ingês cheio de craques

  17. Cara, pra ser bem sincero, a vitória de um holandês para os pretos da África do Sul tem um significado parecido do que seria a vitória de uma seleção israelense (nem tanto) americana no Líbano. O Apartheid já acabou mas a tensão entre a maioria negra e os africandêrs ainda é forte demais.

    Muita gente tem medo do que pode acontecer depois da morte do Mandela.

    Qdo eu morei em Londres, tive um bom amigo Xhosa, o Lindo, e conheci mais um pessoal da comunidade no meu trabalho de delivery de sanduíches. A treta ali é muito sinistra, muita gente teve parentes mortos por esse pessoal, que não necessariamente é holandês, mas tem esse histórico.

    De resto, acho que a Espanha não tem chance contra a Alemanha, pelo menos não com o jogo que ela mostrou contra o Paraguai. E na outra chave, eu tô com o Uruguai (mesmo reconhecendo que a Holanda é mais time), mas acho que esse espírito botar pra quebrar dos uruguais vai fazer a diferença na hora.

  18. E eu complemento, Velot:

    Pra mim, as 4 seleçoes merecem estar nas semi-finais!

    SchhhhhhhBlaaawwwwW

  19. Bom, eu acho que o Brasil de 2006 foi pioneiro nessa história de Cuartas-sem-técnico.

    No fim das contas, a derrota da Argentina foi previsivel. Era claro que aquele time espalhadão, esquema 5-0-5, ia afundar quando pegasse alguém que soubesse jogar bola. Mas, apesar da torcida contra, foi triste ver como os argentinos, com tremenda vontade de ganhar, não podiam fazer nada, sempre cercados por 4 adversários.

    O que supreendeu foi a derrota do Brasil, do jeito que perdeu. Eu pensava que esse time, apesar dos pesares, tinha três qualidades: goleiro, defesa e capacidade de decisão. Perdemos com um frango, um gol de cabeça de um anão de jardim e uma amarelada geral.

    De qualquer forma, falando em técnico, o cara da copa, até aqui, é o Joaquim Meleca, né não?

    P.S.: Ceará, quem barbarizou o Paraguai foi o Solano Lopez.

  20. Juca Meleca realmente armou um time legal, perdeu prá Sérvia mas soube dar a volta por cima com dois chocolates, chamando o adversário e fulminando com contrataques rapidíssimos. Mas continuo não gostando dos xucrutes, apesar do Zé Pio, meu irmão, quase me crucificar por isso. Ceará, você não voltou aos 70s, só falou jogadores das gerações holandesas de 80 ou 90, de 70 é Cruijff, Neeskens, Rep, Rensenbrink (ou Rosenbrink como alguns preferem), Van Hannegem, Ruud Krol… E o Rosenbrink aqui tá torcendo pela Laranja!

  21. Dois textos foda do Impedimento.

    “É duro de admitir, mas o título era demais para esse time…”

    “Dunga aostou principalmente por que pegou uma das piores gerações da história do futebol brasileiro. É só olhar para os lados. A última Libertadores foi em 2006. O veterano Petkovic foi o melhor meia do último campeonato. O São Paulo ganhou 3 títulos nacionais seguidos, com times pouco mais que medíocres. As duas últimas grandes transferências para a Europa foram Breno e Alexandre Pato. Esse último, que poderia ser o grande astro dessa Copa, nunca correspondeu vestindo a camiseta amarela.”

    http://impedimento.wordpress.com/2010/07/05/comecem-a-plantar-craques/

    “Quatro haitianos morreram na última sexta-feira, dois de julho, depois que o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo de Futebol. Dois cometeram suicídio, um morreu de ataque cardíaco e o último foi esfaqueado numa discussão pós-jogo na Delmas, a avenida mais movimentada da capital Porto Príncipe.”

    http://impedimento.wordpress.com/2010/07/05/morrer-pelo-brasil-no-haiti/

  22. Justamente, Rozembrink. Eu disse que nem precisava recorrer ao carrosel dos 1970s pra citar holandeses bom de bola…

    Eu nao fujo do palpite antigo de que este e’ o ano da Holanda, vencendo a favorita. Mas neste jogo contra Uruguai ficarei feliz se o Uruguai proporcionar um jogo emocionante e merecer vence-lo.

    Excelentes os links do Impedimento, Laurose… blog porreta!

    Tiagao, eh duro admitir, mas eu acho que o Parreira tinha uma geraçao melhor que o Dunga, o time controlava mais o jogo, deu mais espetaculos e ganhou um Mundial a mais (1994). Pra mim, os melhores treinadores desta Copa sao os invictos: da Holanda ou do Uruguai. Amanha sai um.

    Abraços!

  23. Eu concordo com você Ceará. O time de 94 era bom, aliás, o Dunga era um grande volante e um bom capitão. Deve ter sido um dos jogadores mais motivados que já vestiu a Canarinho.

    Acho que o palpite do Rafael se confirmará e o Leonardo é o próximo técnico da seleção

  24. E a Holanda acaba de se livrar de um tipo que os outros europeus ocidentais ainda teem nas coalizoes de governo:

    http://www.elpais.com/articulo/internacional/Geert/Wilders/lider/populismo/xenofobo/Holanda/queda/fuera/futuro/pacto/gubernamental/elpepuint/20100705elpepuint_6/Tes

    Viram os torcedores franceses que foram pedir como ‘soluçao’ a exclusao de negros e muçulmanos da seleçao? Imagina como seria *melhor*! Queria ver!

    Tiago, e quando citei Parreira, falei das duas passagens. Alem de 1994, que eh o que o favorece sobre Dunga, tem o de 2003 a 2006, que faturou America e Confederacoes dando chocolate, mas morreu nas mesmas ‘Cuartas’.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s