Alex Chilton (1950-2010)

Nesse ano perdi alguns ídolos: Johnny Alf, Picape, Glauco e agora o Alex Chilton. Esse foi um gênio.

Na música pop existe uma obsessão desde os anos sessenta pela busca da canção perfeita: grudenta, com a melodia comparável ao melhor da música popular de todos os tempos. Seria o pop perfeito, a fórmula do sucesso.

Se alguém fez o chamado pop perfeito foi o conjunto de ChiltonChris Bell, exceto pelo sucesso . Por isso, o Big Star foi sempre um dos maiores mistérios do rock para mim. Embora fossem os reis das melodias e dominassem a linguagem, nunca estouraram. Olha que procuram isso. Mas quem escutou soube que aquela música era mais forte do que quase tudo. O rock se tornou algo mais bonito do que antes.

Posto quatro das minhas favoritas do quarteto. Coloquem outras:

11 comentários sobre “Alex Chilton (1950-2010)

  1. “The Letter” era uma das minhas músicas favoritas na década de 60, eu só não sabia que o cantor era o Alex Chilton. Descanse em paz!

  2. Só coloquei as baladas. Rodrigo, estamos ao seu dispôr. Lauro faço minhas as suas palavras. Boa lembrança André, faltou uma do Box Tops:

  3. Pô Rodrigo, só coisa fina hein?
    Cara, na década de 90 aconteceu uma das reuniões mais improváveis: Alan Vega e Alex Chilton no mesmo conjunto: Cubist Blues. Saca só:

  4. Meus mp3 de September Gurls, My Life is Right e Like Flies On Shebert estão beeem arranhados!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s