3 comentários sobre “Dan Graham: um trecho de “Rock my religion”

  1. esse cara é o máximo! tudo o que ele faz é bom. excetuando a bienal de são paulo. aliás, se teve um crime nessa biena foi fazer exposição ruim de artista bom, né?

  2. Foi mesmo. A do Dan Graham era digna da Bienal de arquitetura e a do Gordon Matta Clark era bem montada como uma exposição escolar. Na última e trágica bienal, isso também aconteceu. A exposição da Marina Abramovic era muito mal montada. Com aquele espaço todo que eles tinham, resolveram entulhar umas televisões para apresentar o registro das performances da criadora dos balcãs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s