Felix Thorn e links do Reino Unido

Com muita honra, fui convidado pela +soma para cobrir um evento com novíssimos nomes da arte contemporânea na Inglaterra. Tive sorte e peguei a cidade em uma animação danada. Exposições com trabalhos inéditos de Anselm Kiefer,  Gustav Metzger, Damien Hirst, Anish Kapoor e  Carlos Garaicoa; além das retrospectivas de John BaldessariEd Ruscha e um ponto de vista equivocado, mas forte , sobre os desdobramentos da pop. Aqui em Londres confirmei que a Sophie Calle de fato não faz o meu tipo (em breve mando um artigo sobre isso), mas vi muitos garotos cheios de energia fazendo arte e música boa.

Um que faz as duas coisas ao mesmo tempo é o Felix Thorn. Vi e gostei das suas traquitanas. Por isso, aproveito e posto as máquinas operando. Enquanto o tempo não passa, aviso que no sábado vou ver o Steve Reich executar as suas peças e domingão tem a alegria da London Improvisers Orchestra de sempre (para mim um dos melhores programas turísticos de Londres). Hoje eu soube que ontem perdi a Haco, mas a vida é assim…

4 comentários sobre “Felix Thorn e links do Reino Unido

  1. minha nossa, tiago. pirei com essas máquinas! e os vídeos são excelentes, tb, ajudam a nos transportar até elas. 🙂

  2. eu também gostei muito andré. assim que eu puder, falo mais.
    abração
    ps: alguém sabe a razão de uma inglesada andar com uma flor de cartolina na lapela?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s