Um comentário sobre “Autorretrato de Rafael Campos

  1. Ai, pelamordedeus, espero que eles gravem! Mas sei que é custosa essa história de estúdio. Por um lado, os grupos mais novinhos, gente que cresceu com as novas tecnologias digitais, já estão montando seus estúdios caseiros. Este, por exemplo http://www.youtube.com/watch?v=fYy2p_0DVMU e vendem seus mp3 direto na internet. Por outro, as culturas mais antigas locais, correndo o risco de se perderem para sempre e nem os etês (venham eles de varginha ou do espaço intergalático) quando chegarem e encontrarem o menininho-robô – como no filme Inteligência Artificial – vão poder ter a idéia da idéia da memória de que essas jóias preciosas existiram. Eu sou tão provinciana que poucas vezes na vida quiz sair do meu rincão (sampa, que eu odeio, mas pois é, mas não gosto de viajar)mas quando vejo o teu relato, dá vontade de pegar o busão agora mesmo pro Pouso Alegre, ver se na casa do Mesquita me servem um café e uma canturia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s