Gustavo Dudamel

Na Venezuela não é bom ser contra El Sistema.

O maestro Gustavo Dudamel e a Orquestra Sinfônica Juvenil Simón Bolívar são muita curtição. O maestro é o mais comentado da atualidade, e causa movimentação por onde passa. Muito por causa da musicalidade dele, mas muito por causa de sua performance. Dudamel rege para ser bem escutado e visto, principalmente em vídeos do YouTube.

Considerado uma promessa na música de concerto, suas performances não são nada burocráticas. Mesmo em interpretações de composições complexas como as de Mahler são  marcadas por um envolvimento pouco usual dos músicos com as peças. Pelo menos nos vídeos e no disco, o clima parece ser de grande descontração, de verdadeiras celebrações (que invariavelmente contagiam o público).

Desde que o Tiago me mandou o vídeo aí em cima, eu não paro de escutar suas apresentações pelo YouTube e já baixei alguns de seus discos e outras obras de compositores que ele interpreta como Gustav Mahler e Leonard Bernstein.

Vale  pena ler os ótimos textos do nosso amigo Irineu Franco Perpétuo sobre o venezuelano. Com eles dá pra entender que é possível construir um modelo de orquestra de excelência a partir de um projeto social.

Um projeto que que vai além da música bem executada. Isso tudo sem ter que pagar o salário mais alto do Estado.

E para os anti-chavistas mais exaltados, é bom avisar: El Sistema foi criado muito antes do Chávez tomar posse pela primeira vez. A rede de educação musical nos bairros pobres foi criada em 1975 pelo músico e professor José Antonio Abreu.

A Orquestra Simon Bolívar ensaiando a 5°de Mahler
A Orquestra Simon Bolívar ensaiando a 5°de Mahler

10 comentários sobre “Gustavo Dudamel

  1. Vi essa peça no film&arts e achei bacana, mas somente até a hora que a orquestra vestiu o agasalho venezuelano. Depois, ao invés de parecer algo divertido, começou a soar como uma encenação esquerdofrênica e marketeira, Mesmo sendo pré-Chavez, continua numa imitação atrasada, uma patriotada que parece a dos americanos, no pior estilo texano. Cadê o Borat pra zoar com isso? O patriotismo continua sendo o refúgio dos sem-imaginação.

  2. Poxa Gus, eu continuo achando mais sem imaginação contratar super maestros milionários pra montar a orquestra de “primeiro mundo de SP”. A orquestra é de jovens, agasalho da Venezuela é só mais uma curtição. A coisa não tem nada de solene e nem dessa aspiração meio de hino militar dos EUA, acho que é muito mais descontraída. O tom é muito mais de celebração mesmo e a música é de um americano muito do porreta, o Leonard Bernstein.

  3. Esquerdofrênico? Porra, já já só do cara ter o passaporte da Bolívia, ele vai ser chamado de stalinista. Se já não bastasse a chatice da patrulha ideológica de esquerda, o Brasil 2000 agora tb tem patrulha ideológica de direita. Vou pegar um cigarrinho e fumar em um lugar fechado.

    Valeu pelos links de download aí Guacis. Gostei do Fiesta e do Tchaikovsy. Boa.

  4. eu acho os dois discos lindos. gosto mais ainda deles tocando a quinta de mahler. Acho que esse disco está no nível nas melhores gravações de regentes como o claudio abbado.

    PS – Coloquei uma foto sem pedir autorização do lauro. Mas achei que ela dava a dimensão da alegria dessa garotada.

  5. Meu melhor amigo é boliviano. Direita é a família que te guia. Esquerdofrenica é a virtude do ogro filantrópico latino americano. Alguém se habilita a cobrar mudanças sérias nesse país? E também vou acrescentar um link foda: scorebaby.com. Sem br

  6. Sou uma grande apaixanoda por musica classic
    e trabalho de Maetro Gustavo Dudamel
    Que acabei de conhecer por acaso
    Gostaria de receber informações sob seu trabalho e musica classic .

    Jeani

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s