Dez links para Obama, depois do baile

Agora o chapéu tá com ele
Agora o chapéu tá com ele

Até onde irá a audácia de Obama?, pergunta a editora da The Nation. Para Katrina Vanden Heuvel, até onde for, também, a pressão dos que o elegeram. No Libération, jornalistas debatem o futuro do governo Obama que, para o Counterpunch, já começou modorrento. E que será da rede que elegeu Obama, agora que ele está na Casa Branca Para Alexander Cockburn, a equipe de governo de Obama já é uma afronta a eles. E será que sua chegada ao salão oval simboliza mesmo a última pá de cal na questão racial para os norte-americanos? No site CartaMaior, textos de Bernardo Kucinsky e Tariq Ali sobre o que esperar do 44º presidente dos Estados Unidos. Na Slate Magazine, um medidor de mudanças que promete acompanhar diariamente o governo Obama. E sugestões para os 100 primeiros dias de governo, na Dissent.

(Esse post é inspirado no site www.bookforum.com, que o Guaciara recomenda.)

13 comentários sobre “Dez links para Obama, depois do baile

  1. Só pra comemorar a volta do Jay ao blog adiciono mais um link, o do Sergio Leo. O jornalista elenca os tipos de país mencionados no discurso do Obama e se pergunta: onde tá o Brasil nessa?

    Só a caráter experimental (como diria meu amigo Mauro Henrique) fui fazer uma visitinha ao novo site da Casa Branca, todo moderno e conectado às tecnologias 2.0 e às redes sociais. Fui lá e digitei “Brazil”. O site não deu resultado algum. Acho que nem o Obama e nem ninguém na equipe dele sabe como classificar isso aqui. Vamo ver.

  2. Só para registrar uma coisa que deve ter passado pela cabeça de muita gente, no dia da troca de guarda em Washington: Dick Cheney era o próprio Dr. Fantástico saindo da Casa Branca naquela cadeira de rodas.

  3. eu também vi isto de guantánamo e achei bem bom. agora é esperar pra ver onde chega o fôlego do obama.

  4. Fala Ale,
    Só para adiantar: parece que, nas posições estratégicas – defesa, justiça, Estado, economia – o governo Obama vai ser bem parecido com os anos Clinton (Bill e Hillary estão, dentro do partido democrata, no centro). Um alívio considerando os dois mandatos do Bush, Jr., mas uma provável ducha de água fria nos que o apoiavam desde a esquerda.
    Vou ver se consigo levantar alguma coisa mais detalhada.

  5. Fala, Jay. Então, tem bastante informação ali no texto do Bernardo Kucinski. Tem uns manos, como o Paul Volcker, que eu realmente não sei o que esperar.

  6. E a Hillary então? Numa boa, o discurso dela sobre a Bolívia não tem muita diferença da Condolezza Rice não. E na verdade, americano caga e anda pra América do Sul.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s